terça-feira, 29 de junho de 2010

duas virgulas .


porque faz hoje, exactamente, dois anos que começamos a falar .

tu, que sempre me apoiaste, aconselhaste, suportaste ; tu que sempre viste em mim muito mais que uma simples pessoa .

vivemos muito, sofremos muito, partilhamos uma vida neste curto espaço de tempo .

estiveste lá quando o meu mundo escureceu .

deste'me a mão quando me afastavam de ti .

fizeste de mim uma crente quando perdia a fé em tudo .

rimos, chorámos, partilhamos .

posso dizer, com todas as letras, que me sinto orgulhosa por estes dois anos .

acredita que nada me fez gostar menos de ti .

todas as vezes que nos chateamos, todas as birras me fizeram aperceber o quanto és importante .

se não dou o braço a torcer é porque acho que deves lutar mais pelos teus objectivos - aliás, já tivemos esta conversa montes de vezes .

só quero que saibas que nao me esqueço de nada .

nao me esqueço da tua loucura pelos meus óculos vermelhos .

nao me esqueço da vontade de te dar um valente abraço .

nao me esqueço de quando ligavamos as web's e faziamos chamadas de video .

nao me esqueço de ti .

nao me esqueço de nós .

tudo porque contribuiste, em muito, para eu ser a pessoa que sou hoje .

fizeste com que ficasse mais forte, mais única, mais funcional .

foi contigo que aprendi o significado de amizade de coraçao .

contigo percebi que não é preciso estar perto para tocar no coraçao de uma pessoa .

fizeste isso muito bem, em 730 dias .

eu AMO-TE, não pelo que fizeste por mim, mas pelo que fizeste por ti .

obrigada por nunca teres cometido nenhuma loucura daquelas que nós sabemos . obrigada de coraçao .

és, para sempre, o meu pão com tulicreme .

3 comentários:

Dora Raquel disse...

vim ao teu blog por mero acaso pois não estive no msn para poder ver aquele teu estrisco a dizer
" * blog ", quero que saibas que por cada palavra, por cada ponto final teu expressaste uma lágrima em mim.
custa-me tanto já não receber aqueles olá's reconfortantes que antigamente me davas, sinto tanta falta da tua presença , apesar de quando mais precisar eu agarro-me a que ainda resta de ti em mim, o teu toque suave a tocar na minha face a limpar aquelas lágrimas, a dares-me raspanetes quanto " me porto mal " , a dares-me aquele abraço sincero que tanto desejo , sim , ainda não desisti desse dia , nem desisti desse momento.
foram aquelas conversas por webs que por vezes nos punha a mijar a rir, foram certos gozos que nos encheram os dias cheios de animo -" mostro das bolachas " por exemplo, a nossa amizade fez acreditar em tudo que um dia não acreditei, gostar tanto de alguém como gosto de ti e termos a distancia que temos, mas isso, nunca foi nem nunca será um problema, pois o sentimento faz com que estejamos cada vez mais perto uma da outra. isso resume-se a dois anos , dois anos esses que tanta coisa mudaram e mim. dois anos esses que aprendi a cuidar, a respeitar, a lutar e a querer uma amizade como quero a nossa. nunca mas nunca irei desistir de ti, nem de nós. não me esqueci da nada até hoje, não me esqueci de quem tu és. és bem cá dentro meu pote de mel (L).
eu AMO'TE minha VERA PATRICIA CARVALHO FERREIRA , MINHA BEST (L) , sempre sempre !
Um Obrigada ( 2 anos ).

ti em mim disse...

e haverá melhor definição de amizade do que esta?
adorei, mesmo =)

ti em mim disse...

obrigado (: