quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

$$

vamos relembrar aquelas noites, aquelas tardes em que fugiamos do mundo .
vamos atrás de quem fomos, de quem pensavamos ser .
das manhãs em que eras a primeira coisa que eu via .
das noites em que me aconchegavas e me reconfortavas .
daqueles fins-de-semana em que o sofá, um filme e muito tempo livre nos faziam felizes .
esqueci de ti, e de tudo isso .
e tu esqueceste de me lembrar que ainda aqui estavas .
o que tu não sabes é que ainda hoje te sinto aqui, bem perto de mim .
sei que quando preciso me dás a mão, me ouves e me olhas como ninguém .
sei que vês em mim o que mais ninguém vê, sei que não me deixas desfalecer ( pelo menos, nao sozinha ) .
e hoje sei que estiveste comigo, sei que eras tu quem me amparava quando me sentia a quebrar .
só tenho pena de nunca mais te ter visto .
e tenho pena de que aquela nossa promessa tenha que ir avante .
ainda assim, prometo nunca te desiludir .
para ti, meu eterno amor . estás sempre comigo .

1 comentário:

Ana disse...

Obrigada por seguires. Vou fazer o mesmo :)